quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

MENSAGEM DO MESTRE TETÉ


MARACATU NAÇÃO ALMIRANTE DO FORTE
Bongi - Recife - Pernambuco - Brasil


Sejam bem-vindos ao Maracatu Almirante do Forte.

A vocês que vieram brincar o carnaval com a gente, obrigado por tão
grande homenagem. O povo desse lugar é humilde, alegre e hospitaleiro.

O Maracatu Almirante do Forte nasceu em mil novecentos e trinta e um.
O símbolo é um navio. O azul e o branco de Iemanjá representam a luz
divina e a força do mar. Tem na fé persistente do Mestre Teté a fonte
da resistência de uma cultura e sua história.

Crianças, jovens e adultos participam do batuque. É uma cultura forte
e de valor para todos nós. É a fé de um povo manifestada através da
musica e da dança. É ao mesmo tempo arte e cultura.

A Nação do Almirante do Forte tem a honra de outra vez participar do
carnaval do Recife e de Pernambuco. Neste ano de 2010 estamos
celebrando o centenário da mais antiga dama do passo – Josefa Maria da
Silva – a dona Zéfinha, ou Vó Finha, como é conhecida na comunidade.

Somos gratos a “Vó Finha” pelo bem cultural que ela construiu e ainda constrói.

Dona Ana, também centenária e há muito tempo agregada a família não
perde a oportunidade de ensaiar o passo toda vez que tem batuque.
Meninos tão pequenos, do tamanho de uma alfaia ensaiam o toque com
entusiasmo. O velho e o novo integrados, mantendo a tradição. São
exemplos de que a cultura é um bem universal, para todas as idades,
imprescindível, que sem ela perderemos nossa identidade, nosso bem
maior.

Que a paz de Orixalá esteja sempre conosco.

Bom carnaval.

MARACATU NAÇÃO ALMIRANTE DO FORTE

Presidente
Antonio José da Silva Neto
Mestre Teté

OBS.: Veja a programação no link abaixo - AGENDA DO CARNAVAL 2010



MARACATU NAÇÃO ALMIRANTE DO FORTE
Bongi - Recife - Pernambuco - Brazil

Be welcome to Maracatu Almirante of the Fort.

To you that came to play the carnival with us, thank you for such
great homage. The people of that place are humble, cheerful and
hospitable.

Maracatu Almirante do Fort was born in thousand nine hundred and
thirty and one. The symbol is a ship. The blue and the white of
Iemanjá represent the divine light and the force of the sea. It has in
Master Teté's persistent faith the source of the resistance of a
culture and your history.

Children, teenagers and adults participate of the it drums. It is a
strong culture and of value for all of us. It is the faith of a people
manifested through the music and of the dance. It is at the same time
art and culture.

The Nation of the Admiral of the Fort has the honor again to
participate in the carnival of Recife and of Pernambuco. On this year
of 2010 we are celebrating the centennial of the oldest lady of the
step - Josefa Maria da Silva - the lady Zéfinha, or Vó Finha, as it is
known in the community.

We are thankful the Vó Finha " for the very cultural that she built
and it still builds.

Lady Ana, centennial and there is a long time joined the family it
doesn't lose the opportunity to rehearse the step every time that has
it drums. Such small boys, of the size of an alfaia rehearse the touch
with enthusiasm. The old and the new integrated, maintaining the
tradition. They are examples that the culture is a very universal one,
for all the ages, indispensable, that without her we will lose our
identity, ours very larger.


That the peace of Orixalá is always with us.

Good carnival.


MARACATU NAÇÃO ALMIRANTE OF THE FORT

President
Antonio José of Silva Neto
Master Teté

5 comentários:

Paula Brasileiro disse...

A beleza dessa nação está justamente no tradicionalismo. No baque, nas toadas, e nas pessoas mais antigas, que, a seu modo, ainda brincam com o Almirante. Viva o Mestre Teté! E viva o Almirante do Forte! Nação de valor, de linha e muito forte! Um lindo carnaval pra nossa nação!!!

Bruno disse...

É isso aew Paulinha.... o Almirante esta mudando, saindo do tradicional para o contemporanio. O Almirante era unico com seu baque Virado com influencia no baque Solto, unico e simples, com toada improvissadas coisa que nenhuma maracatu tem. Mais é isso aew como diz a toada de mestre Tete, "foi embora os velhos e o novo chegou", com isso termino o meu comentário já com saudade do Almirante que conheci.

Eurico disse...

Se depender de mim vai fincar pé na tradição... Viva o Maracatu Almirante do Forte!!! Nação valente e destemida, tendo à frente o nosso Mestre Teté!!!

Paula Brasileiro disse...

Pois é... Esse é o diferencial do Almirante! temos que preservar isso!

Eurico disse...

Quem afinal é a dama do paço mais velha? Precisamos ver as certidões de nascimento rsrsrsrs
Acho que é Dona Ana... rs
Vou pesquisar, em breve.
Afinal ela era Dama do Paço desde o Estrela da Av. do Forte.

Abraços